Coronavírus: como funciona o teste CRISPR, mais rápido que os atuais

Fonte: Coronavírus: como funciona o teste CRISPR, mais rápido que os atuais

A FDA (Food and Drug Administration), agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, concedeu a primeira aprovação de uso emergencial para um novo teste de detecção do novo coronavírus. O exame usa a tecnologia de edição de genes CRISPR e teve o uso liberado mais rapidamente do que o habitual por se tratar de uma situação de emergência de saúde pública.