RJ registra 1305 casos de hanseníase; autoridades também estão em alerta para sarampo – Jovem Pan Online

Como se não bastasse a preocupação com o sarampo, que já está em surto em São Paulo e corre risco no Rio de Janeiro, as autoridades de saúde cariocas estão preocupadas com uma outra doença que já parecia derrotada: a hanseníase, que no passado chegou a ser chamada de lepra. Somente no primeiro semestre deste ano, já são 1.305 casos da doença.

Fonte: RJ registra 1305 casos de hanseníase; autoridades também estão em alerta para sarampo – Jovem Pan Online

Após 13 anos em queda, hanseníase volta a crescer no Brasil – 13/07/2019 – Equilíbrio e Saúde – Folha

Mato Grosso foi o estado com maior salto de diagnósticos, 76% em dois anos

Fonte: Após 13 anos em queda, hanseníase volta a crescer no Brasil – 13/07/2019 – Equilíbrio e Saúde – Folha

Hanseníase: as causas, sintomas e tratamentos da doença de pele

Também conhecida como lepra, doença deixa o Brasil como segundo país do mundo com maior número de casos, atrás apenas da Índia

Fonte: Hanseníase: as causas, sintomas e tratamentos da doença de pele

Humanos passaram hanseníase para tatus. Agora, eles estão devolvendo a doença | National Geographic

A carne de tatu selvagem é popular no Brasil, mas novo estudo mostra que quem a come corre o risco de contrair a doença, também conhecida como lepra.

Fonte: Humanos passaram hanseníase para tatus. Agora, eles estão devolvendo a doença | National Geographic

A luta contra a Hanseníase no Brasil

Fonte: Conteúdo Publicitário: A luta contra a Hanseníase no Brasil

O Boletim Epidemiológico Mundial, publicado em setembro de 2017 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), informa que 143 países e territórios reportaram casos da doença em 2016. Do total de 214.783 casos novos informados, o Brasil ocupou a segunda posição com 25.218 (11,7%) e a Índia, com 135.485 (63%) do total de casos novos.

Imagem: Hanseníase

Retirado do Face do meu colega de resistência e amigo de longa data, Dr. Arnaldo Gouveia, infectologista em Americana – SP.

O comentário abaixo também é dele.

Doenças antigas que persistem e a atual geração de médicos não reconhece… Apesar dos sintomas clássicos de perda de sensibilidade e lesões cutâneas.
Hanseníase, antes conhecida com Lepra. No exame microscópico da linfa da orelha, presença de macrófago lotado de bacilos (globia), determinando o diagnóstico de hanseníase virchowiana.