Mortes por febre amarela em SP quadruplicam; vacinação segue abaixo da meta

Segundo secretaria, foram 176 óbitos, contra 38 em 2017; somente 70% da população foi imunizada.

Fonte: Mortes por febre amarela em SP quadruplicam; vacinação segue abaixo da meta

Which Vaccines Do Pregnant Women Need? New, All-in-One Resource

ACOG provides a neatly packaged summary of vaccines for childbearing women to protect not only themselves, but their infants as well. Which vaccines are safe and which should be avoided?

Fonte: Which Vaccines Do Pregnant Women Need? New, All-in-One Resource

Epidemiology of acute febrile illness in Latin America – Clinical Microbiology and Infection

The causes of acute febrile illness (AFI) in Latin America are diverse and their complexityincreases as the proportion of fever due to malaria decreases, as malaria controlmeasures and new pathogens emerge in the region. In this context, it is importantto shed light on the gaps in the epidemiological characteristics and the geographicrange for many AFI aetiologies.

Fonte: Epidemiology of acute febrile illness in Latin America – Clinical Microbiology and Infection

Apresentação: Manejo das Arboviroses

manejo dengue

arbovirose17_orientacao_atendimento_casos_suspeitos_dengue_chikungunya_zika
Referente à apresentação de hoje sobre manejo das arboviroses na Vigilância Epidemiológica – GVE XXI

Apresentação: Situação Epidemiológica das Arboviroses no Estado de São Paulo -2018

arboviroses

Apresentação D.Z e Chikv Julho.18

Referente à apresentação de hoje na Vigilância Epidemiológica – GVE XXI

Partial Oral versus Intravenous Antibiotic Treatment of Endocarditis | NEJM

Original Article from The New England Journal of Medicine — Partial Oral versus Intravenous Antibiotic Treatment of Endocarditis

Fonte: Partial Oral versus Intravenous Antibiotic Treatment of Endocarditis | NEJM

Tratar endocardite bacteriana com antimicrobianos intravenosos e internação hospitalar por todo o período de tratamento sempre foi mais do que uma recomendação para nós infectologistas. Mais se parece com um dogma .

Esse trabalho lança uma visão diferente sobre esse tema, e com apenas 10 dias de tratamento intravenoso, para em seguida completar com uso oral e inclusive em regime ambulatorial. Será que no futuro essa opção estará incorporada na prática clínica ?

Mapeamento genético do vírus da febre amarela traça origens e dispersão do vírus no Brasil 

http://revistapesquisa.fapesp.br/2018/08/24/mapeamento-genetico-do-virus-da-febre-amarela-traca-origens-e-dispersao-do-virus-no-brasil/

O surto de febre amarela vivenciado pelo Brasil entre o fim de 2016 e o início de 2018, o maior dos últimos 100 anos, ganhou terreno apenas pela via silvestre de transmissão da doença, na qual mosquitos dos gêneros Sabethes e Haemagogus, que habitam copas de árvores, transmitiram o vírus primeiro para macacos e depois para seres humanos. Não houve disseminação da doença por meio do mosquito Aedes aegypti, de hábitos urbanos, que transmite outras doenças, como zika, dengue e chikungunya. Não há registro de febre amarela transmitida por A. aegypti desde 1942. Essas conclusões fazem parte de estudo publicado…