Oito anos depois, único brasileiro curado da raiva humana vive em condições precárias

O NE10 visitou o jovem Marciano, curado da raiva humana há oito anos. Hoje, o garoto tem vários sonhos, entre eles uma cadeira de rodas elétrica

O protocolo de Milwaukee adaptado às nossas restrições tupiniquins foi aplicado neste caso. Os casos de sobrevida à raiva humana ainda são considerados pontuais, e sequelas neuromotoras são esperadas.