Infectologista alerta para riscos de fungo emergente

Isolada pela primeira vez em 2009, no Japão, Candida auris atinge sobretudo pacientes imunodeprimidos

Na foto, a Prof. Dra. Maria Luiza Moretti, titular de infectologia da UNICAMP. Clique  na foto para acessar a reportagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s