Reinfection Rates in Patients Previously Testing Positive for COVID-19

Fonte: Michael Rothberg, MD, MPH on Reinfection Rates in Patients Previously Testing Positive for COVID-19

De acordo com a análise, os pacientes com história confirmada de COVID-19 eram menos propensos a serem retestados ou reinfectados mais de 90 dias após sua infecção inicial em comparação com aqueles com testes iniciais negativos. A proteção devido à infecção prévia foi de 81,8% e contra a infecção sintomática foi de 84,5%. A proteção aumentou com o tempo e ultrapassou 90% meio ano após a infecção inicial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s